As ideias de liberdade avançam: Seguindo o exemplo Argentina, uruguaios criam um partido libertário

Este grupo não se identifica com as ideias da coligação governante ou da Frente Ampla e, por isso, criou o seu próprio partido político

Um grupo de seguidores do presidente argentino Javier Milei está estabelecendo sua presença no Uruguai, buscando uma alternativa independente em um cenário político dominado por propostas estatais.

Composto principalmente por jovens desvinculados das atuais coalizões governamentais, o recém-criado Partido Libertário do Uruguai obteve autorização da Justiça Eleitoral após apresentar 1.725 assinaturas além de seu estatuto e sua carta orgânica.

Em sua Carta de Princípios, o partido destaca seu compromisso com a liberdade, promovendo uma transformação nas relações entre o Estado e os cidadãos, visando reduzir a interferência estatal nos acordos individuais.

O presidente provisório, Nelson Petkovich, um advogado liberal clássico, lidera o partido, que se inspira nas ideias de Milei. O grupo criticou ações governamentais, incluindo mudanças nos direitos autorais que afetaram a presença de empresas estrangeiras no país e declarações sobre livre comércio.

“Rejeitamos a demagogia como modelo de fazer política e, em vez disso, oferecemos a cada cidadão a possibilidade de controlar o seu destino”, afirma este partido.

Com a autorização para participar do ciclo eleitoral, o partido planeja apresentar reformas em 2024, enquanto busca conquistar votos nas eleições primárias e presidenciais. Além disso, o partido Ambientalista Constitucional, liderado por Eduardo Lust, também recebeu autorização, destacando princípios de ajustamento à Constituição Nacional e proteção ambiental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco