Carreira de PC Siqueira foi marcada por apologia ao comunismo, satanismo e acusação de pedofilia

O Farol Diário preparou um dossiê para que você compreenda a trajetória e o fim do primeiro grande YouTuber brasileiro

No final da tarde da última quarta-feira (27), a Polícia Militar de São Paulo foi chamada para solucionar uma ocorrência no centro da cidade. Ao chegar ao local, os policiais encontraram o corpo do youtuber PC Siqueira cercado por um mar de drogas em seu apartamento.

De acordo com informações levantadas pelo Farol Diário, os policiais se depararam com um cenário assustador no apartamento do influenciador. O local estava muito sujo e com um odor forte, além de diversas drogas espalhadas pelo chão da residência.

Também foi encontrada no local a namorada de PC Siqueira, que presenciou o suicídio do famoso. De forma trágica, ali chegava ao fim a história do primeiro grande youtuber brasileiro.

Nesta matéria especial, o Farol Diário relembra a carreira meteórica e a descida trágica daquele que era considerado o pai da internet brasileira, como é hoje; Confira!

Do Fracasso à Popularidade

Paulo Cezar Goulart Siqueira parou de estudar cedo; de acordo com ele, sofria bullying na escola, e por isso, acabou sendo alfabetizado em casa.

No início da vida adulta, PC fazia alguns bicos como designer gráfico e já tinha dificuldades para pagar as próprias contas.

A vida dele começou a mudar quando, em fevereiro de 2010, criou o canal “Maspoxavida”, estourando quase instantaneamente e sendo considerado o melhor YouTuber da “primeira geração de YouTubers no Brasil”.

Tempos de Glória

Uma vez famoso, PC Siqueira manteve uma vida de luxo, frequentando festas de celebridades, comparecendo a programas de TV e até apresentando programas na TV fechada.

No entanto, o sucesso não durou muito devido ao comportamento imprevisível de PC, que com facilidade perdia patrocinadores e criava inimigos.


Apoio à Esquerda

PC começava a mostrar quem ele era de verdade já no início de 2013, apenas três anos depois de se tornar famoso.

Naquela época, os brasileiros começavam a ir às ruas exigindo mudanças no evento que ficou conhecido como “Jornadas de Junho”.

Embora não tenha participado das manifestações, do seu apartamento, o influenciador fazia posts em apoio à extrema esquerda e atacava cristãos, conservadores e liberais.

De acordo com o próprio PC Siqueira, naquela época, era a chance do Brasil realizar uma “revolução” nos moldes da revolução cubana e soviética.

Longe da Cruz, Perto do Mal

A religião talvez tenha sido um dos temas mais delicados na vida de PC Siqueira; o mesmo se declarava ateu no início da fama, mas foi mudando de posicionamento ao longo da vida.

PC Siqueira começou a colecionar objetos satânicos, como uma Bíblia satânica, um quadro de Baphomet e demais objetos com essas características, além de realizar modificações corporais que faziam alusão a isso.

Não demorou para que PC Siqueira começasse a se declarar oficialmente como “satanista” e “inimigo do cristianismo”, como ele gostava de dizer.

O Crime Indefensável

Foi em 2020 que PC Siqueira viu seu império de cartas começar a desmoronar. Na época, uma conta no antigo Twitter divulgou uma série de conversas do youtuber.

Em uma das conversas, uma mãe aparece expondo a parte íntima da filha de seis anos de idade para PC Siqueira, e o mesmo manifesta interesse pela criança.

Com o caso, a polícia abriu um inquérito contra o famoso, que acabou não sendo condenado devido à falta de materialidade do caso.

Apesar de não ter sido preso, PC Siqueira perdeu todos os patrocinadores e foi abandonado por seus amigos. A vida do famoso jamais voltaria ao normal depois da acusação.

No Olho do Furacão

Sem dinheiro, sem patrocinadores, sem amigos e abandonado por todas as ex-namoradas, PC Siqueira também viu o número de visualizações de seu canal desabar devido às acusações que enfrentava e às atitudes que havia tomado.

Devido à falência, PC Siqueira começou a mendigar doações de seus seguidores para comprar ração para seus cães.

A situação de PC se agrava ainda mais quando ele é diagnosticado com osteonecrose da cabeça femoral, uma doença trágica que limitou os movimentos de PC Siqueira.


Fim Trágico

Após uma vida conturbada e uma série de fracassos pessoais, PC Siqueira lutava contra a depressão e o abuso de drogas.

Ele já encontrava dificuldade em gravar seus vídeos e limpar a casa, passando seus dias deitado e consumindo drogas.

O gatilho para PC piorou após ele terminar com uma nova namorada com quem se relacionava há pouco mais de um ano.

Foi nesse cenário triste que a polícia encontrou o corpo de Paulo Cezar Goulart Siqueira no chão de seu apartamento.

PC Siqueira mudou a internet brasileira, mas não foi capaz de mudar a própria vida. Ele se enforcou aos 37 anos e morreu envolto em um caos que ajudou a criar.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco