Criminoso em saidinha de Natal rouba carro e dispara tiros no rosto de policial à queima-roupa

O militar, que tem um bebê de apenas dois meses, está internado em estado gravíssimo. Já o criminoso, que também foi atingido, está preso, escoltado em um hospital da capital

Está internado em estado gravíssimo no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, o sargento da Polícia Militar (PMMG), de 29 anos, baleado na cabeça durante uma perseguição no bairro Novo Aarão Reis, região norte da capital, na noite dessa sexta-feira (6).

Segundo a corporação, militares perseguiam um Uno roubado quando, na entrada do Novo Aarão Reis, o carro bateu e os bandidos saíram correndo a pé. Na rua de cima, o sargento começou a perseguir um deles. Toda a ação foi filmada por câmeras de segurança.

Em um dado momento, segundo a PM, ele ordenou que o criminoso se deitasse. Foi quando o bandido se virou, sacou a arma da cintura e atirou na cabeça do policial, que caiu inconsciente no chão.

Como resposta, o outro militar efetuou disparos contra o bandido baleado na perna, socorrido até o hospital Risoleta Tolentino Neves, onde se encontra preso.

O sargento foi levado ao Hospital João XXIII e passou por cirurgia. Ele foi baleado com dois tiros na cabeça e um na perna, tendo o tiro atingido também a veia femoral.

O suspeito, de 25, tem várias passagens, sendo, cinco por assalto, duas por furto, uma por tráfico de drogas e outra por receptação. Ele estava em uma saída temporária de final de ano e deveria ter voltado para o sistema prisional no dia 4 de janeiro.

O revolver calibre 38 usado por ele foi apreendido. O sargento tem uma filha recém-nascida de apenas dois meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco