Governo Lula envia 125 toneladas de alimentos para Cuba

Governo brasileiro envia lote inicial e planeja mais carregamentos, incluindo leite em pó, arroz, soja e milho nas próximas semanas

Nesta segunda-feira (12), o Brasil despachou um total de 125 toneladas de alimentos com destino a Cuba. Essa primeira remessa foi de leite em pó, sendo as próximas de arroz, milho e soja. Esta ação humanitária visa atender às necessidades alimentares imediatas da população cubana. Além disso, está prevista a remessa de mais carregamentos nos próximos dias, como parte de uma colaboração contínua entre o Brasil, os Emirados Árabes Unidos e Cuba.

Essa parceria trilateral foi estabelecida durante a Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 28), ocorrida no final de 2023, onde os países concordaram em promover a segurança alimentar e nutricional na América Latina. O compromisso inclui a alocação de recursos para a produção, distribuição e suporte de sistemas alimentares saudáveis e sustentáveis.

O Brasil, como parte dessa iniciativa, irá contribuir com um investimento de US$ 50 milhões em produtos alimentícios, que serão enviados para Cuba. Esses recursos visam fortalecer os sistemas alimentares locais, promover a agricultura sustentável e combater a fome e a pobreza na região.

Além disso, os Emirados Árabes Unidos fornecerão apoio financeiro para aumentar a resiliência e a adaptabilidade dos sistemas alimentares cubanos. Isso incluirá investimentos em projetos especializados na produção, distribuição e suporte de alimentos nutritivos, saudáveis e sustentáveis.

Segundo a ABC (ABC – Agência Brasileira de Cooperação), essa colaboração tripartite entre o Brasil, os Emirados Árabes Unidos e Cuba representa um esforço conjunto para enfrentar os desafios da segurança alimentar e nutricional na América Latina, ao mesmo tempo em que fortalece os laços de cooperação entre os países envolvidos.

Fonte: Agência Brasil e ABC – Agência Brasileira de Cooperação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco