Grave: presa pelo dia 08/01 afirma ter sido coagida pelos seguranças de Moraes para aplaudir o ministro

De acordo com a detenta houve pânico quando Alexandre de Moraes visitou com seguranças armados os envolvidos na prisão

Uma detenta envolvida nos episódios do dia 08/01 deu sua versão sobre as circunstâncias dos aplausos que o Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, teria recebido na prisão. De acordo com ela, os manifestantes patriotas foram coagidos durante a visita do ministro e obrigados a aplaudir.

Em entrevista à Revista Oeste, a mulher relatou que o ministro estava acompanhado da segurança nacional, que estava armada com metralhadoras. A manifestante ainda contou que foi a Ministra do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, quem pediu para que Moraes fosse aplaudido.

“Ele entrou na sala D primeiro, estava ele, a Weber (Ministra do STF) e a segurança nacional, todos com metralhadoras, dedo no gatilho, apontando para as mulheres dentro da cela. A Rosa Weber fez a gente aplaudir eles”, disse a mulher.

Ainda de acordo com a manifestante, uma das mulheres chegou a urinar de medo da presença de Alexandre de Moraes e de seus seguranças armados.

“As mulheres estavam muito assustadas; algumas até fizeram xixi nas roupas só de vê-lo e de sentir medo”, relatou a mulher.

Dezenas de manifestantes continuam presos de forma arbitrária pelo episódio do dia 08/01, quando invadiram diversos órgãos públicos em Brasília e depredaram o patrimônio nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco