Homem absolvido por matar o pai é preso novamente por assassinar a mãe

Sua mãe, de 49 anos, foi morta pelo filho com facadas e espancamento. Victor já havia matado o pai em 2019 e foi absolvido por um laudo médico que diagnosticou transtornos mentais

Victor Gabriel Nunes de Paula, de 23 anos, novamente chama a atenção da justiça ao ser preso em flagrante por suspeita de assassinar brutalmente sua própria mãe, Benedita Silva Nunes, de 49 anos, em Corrente, Piauí. Essa prisão ocorre após Victor ter sido anteriormente detido em 2019 pelo assassinato de seu pai, José Claudio Barbosa de Paula, em Ceilândia, Distrito Federal.

Em 2019, aos 18 anos, Victor Gabriel foi preso por esfaquear o pai, alegando legítima defesa após supostas ameaças de morte. O desencadeador do trágico evento foi uma discussão sobre o consumo de drogas na residência. Embora tenha confessado o crime, a juíza Vivian Lins Cardoso optou pela soltura de Victor, considerando que não representaria uma ameaça à ordem pública, sendo réu primário, de bons antecedentes e sem ficha criminal.

No entanto, a trajetória criminal de Victor não cessou, culminando agora na suspeita de ter assassinado brutalmente sua mãe em circunstâncias chocantes. Benedita Silva Nunes foi encontrada morta em casa, com sinais de facadas, espancamento, dentes quebrados e golpes na cabeça desferidos por uma barra de ferro. Alega-se que as frequentes brigas entre mãe e filho, motivadas pelo vício em drogas de Victor, podem ter sido o gatilho para esse crime.

Após a absolvição pelo homicídio do pai em 2021, mediante laudo que atestou transtornos mentais, Victor Gabriel foi novamente preso em decorrência do novo crime. O histórico de decisões judiciais levanta questionamentos sobre os critérios utilizados para a soltura e a avaliação da periculosidade do acusado. O desenrolar desse caso destaca a complexidade do sistema judicial ao lidar com indivíduos envolvidos em crimes violentos e apresentando transtornos mentais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco