Legalistas no Irã pedem que Cristiano Ronaldo receba 100 chibatadas por abraçar mulher deficiente

Apesar do contato físico entre homens e mulheres não casados no Irã ser crime, o país não irá aplicar a punição no jogador

O contato físico entre homens e mulheres não casados no mundo oriental é considerado polêmico, principalmente nos países convertidos ao Islã. No Irã, esse ato é considerado crime e sujeito a punições físicas.

Após o jogador de futebol abraçar uma pintora iraniana com paralisia, legalistas iranianos pedem que o jogador seja punido com a penalidade local. Caso o pedido seja aceito, o atleta português receberia 100 chibatadas.

Entretanto, o país persa negou que o pedido tenha qualquer relevância. Dessa forma, o ocidental não sofrerá complicações que um iraniano sofreria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco