Neuralink realiza com êxito o primeiro implante de chip cerebral em humanos, anuncia Elon Musk

Resultados iniciais promissores abrem caminho para avanços na interface cérebro-computador, potencialmente transformando o controle de dispositivos para pessoas com paralisia

Na segunda-feira (29), Elon Musk revelou que a Neuralink realizou com sucesso o primeiro implante de um chip cerebral em um humano no domingo (28). Os resultados iniciais indicam uma promissora detecção de picos de neurônios. A FDA dos EUA autorizou a empresa para conduzir ensaios em humanos no ano passado, sendo o primeiro produto chamado “Telepatia”, conforme mencionado por Musk.

O estudo visa avaliar a funcionalidade da interface, permitindo que pessoas com tetraplegia controlem dispositivos por meio do pensamento. Em setembro de 2023, a Neuralink obteve aprovação para recrutar participantes para seu primeiro teste em humanos, direcionado a pacientes com paralisia causada por lesão na medula espinhal cervical ou esclerose lateral amiotrófica (ELA). O processo cirúrgico utilizará um robô para implantar uma interface cérebro-computador (BCI) na região do cérebro que controla a intenção de movimento.

A empresa, inicialmente planejando implantar o dispositivo em dez pacientes, ajustou esse número em negociações com a FDA devido a preocupações de segurança. Embora a quantidade aprovada não seja conhecida, Musk tem grandes ambições, vislumbrando a rápida inserção cirúrgica desses dispositivos para tratar condições como obesidade, transtorno do espectro autista, depressão e esquizofrenia.

Embora a Neuralink tenha obtido autorização da FDA para o primeiro teste clínico em humanos em maio, o caminho para aprovação comercial ainda é estimado em mais de uma década pelos especialistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco