Patriota preso em 8 de janeiro é encontrado morto na Papuda

Cleriston Pereira sofreu um infarto em decorrência do estresse e não recebeu atendimento médico no momento em que passou mal

Um dos presos políticos no Brasil, o manifestante Cleriston Pereira, detido em decorrência das manifestações de 8 de janeiro de 2023, foi encontrado morto nesta segunda-feira (20/11) na Papuda, local onde estava recluso.

Segundo informações do presídio, Cleriston morreu durante o banho de sol no Centro de Detenção Provisória (CDP) 2, no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

O homem teria sofrido um infarto provavelmente devido ao cárcere e não foi atendido a tempo, vindo a falecer no local.

Outros presos políticos tentaram reanimá-lo com massagem cardíaca, mas ele não resistiu e morreu no local.

Ele era irmão do vereador Cristiano Pereira da Cunha (PSD), do município de Feira da Mata, no oeste da Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco