Pedófilos com HIV em Manaus: prisão de casal e revela prints chocantes e rede de abusos

Nesses grupos além de trocas de vídeos e fotos, abusadores ofereciam até sobrinhos para serem violentados

Manaus foi palco de um dos crimes mais chocantes de sua história recente nesta sexta-feira (10). Um casal homossexual foi preso sob a acusação de estuprar e infectar várias crianças e adolescentes com o vírus HIV. A revelação de como as vítimas eram selecionadas expõe um lado sombrio da sociedade.

Investigações da polícia revelaram conversas entre o casal e outros pedófilos em grupos de aplicativos conhecidos como “os carimbadores”, onde estratégias eram compartilhadas para encontrar menores em situações de vulnerabilidade. Locais como terminais de ônibus e banheiros de shoppings eram citados como pontos de abordagem das vítimas.

Abusos em Locais Públicos

Segundo a delegada Joyce Coelho, terminais de ônibus e banheiros de shoppings são alguns dos lugares mencionados nas conversas entre os criminosos.

“Eles expressavam preferência por crianças, quanto mais novas melhor. Mencionavam que as abordagens poderiam ocorrer em locais públicos ou privados, incluindo banheiros de shoppings e terminais. É um alerta para o cuidado nesses lugares”, afirmou a delegada.

Os alvos eram sempre meninos, muitas vezes familiares de pessoas conhecidas ou até de suas próprias famílias. “Eles solicitavam, por exemplo, ‘ah, seu sobrinho tem apenas seis anos, podemos fazer isso com ele”, revelou a delegada.

Os atos hediondos eram documentados em fotos e compartilhados em grupos de aplicativos, adicionando mais um crime à lista de acusações contra os criminosos.

A polícia busca identificar também os outros envolvidos nesta rede criminosa em Manaus.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco