Sempre do lado errado: MST sai em defesa do terrorismo em Israel

O movimento de esquerda emitiu uma nota infeliz chamando as atrocidades cometidas pelo Hamas de "resistência".

Parece piada, mas um movimento brasileiro saiu em defesa do Hamas após o início dos atentados terroristas. Na manhã de hoje (10), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) divulgou uma nota em defesa do Hamas.

No documento, o MST classifica o terrorismo, que matou centenas de civis, incluindo pelo menos dois brasileiros, como uma “reação legítima” contra Israel.

“Resistência Palestina, desde Gaza, reagiu de maneira legítima às agressões e à política de extermínio que Israel implementa na região há mais de 75 anos (…) À brava Resistência Palestina em Gaza: seguiremos apoiando e defendendo o direito legítimo dos povos de reagir contra a opressão”.

A infeliz nota realça mais uma vez uma tendência antissemita na esquerda brasileira, que defende uma suposta “causa palestina”.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco