TSE de El Salvador suspende contagem eletrônica de votos, passando pro modelo manual no meio da apuração

Decisão judicial gera atraso na confirmação clara de vitória do atual presidente Nayib Bukele, porém não deve interferir no resultado final

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) de El Salvador interrompeu a contagem eletrônica de votos, mesmo com a vitória praticamente garantida para o atual presidente Nayib Bukele. A totalização dos resultados, estagnada em cerca de 31% desde domingo, levou a Justiça eleitoral a solicitar aos conselhos eleitorais em todo o país o registro manual dos votos devido a ações que “dificultaram” a transmissão dos resultados preliminares, sem detalhes adicionais fornecidos pelo tribunal, exceto pela referência ao código eleitoral do país.

Essa decisão pode significativamente atrasar a confirmação da vitória de Nayib Bukele, que já era considerada esmagadora, com quase 1,3 milhões de votos. O candidato seguinte, Manuel Floren da FMLN, tem aproximadamente 110 mil votos, enquanto os demais candidatos não ultrapassam os 100 mil.

Bukele, que se declarou vencedor, deve conquistar facilmente um segundo mandato, destacando-se pela redução dramática da violência no país. No entanto, essa abordagem também gerou controvérsias devido a prisões em massa, tornando El Salvador o país com a maior taxa de encarceramento do mundo. A decisão de interromper a contagem eletrônica agora transforma a situação em uma expectativa tensa quanto ao desfecho final e ao impacto sobre o futuro político e social de El Salvador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco