Advogada petista diz que ex do filho de Lula não tem um “layout confiável”

"Ela faz muita salinha BBB, com bocão, cabelão, e com bustão, e com pose sexy no Instagram[...] querendo ser uma intelectual, mas os textos dela parecem de autoajuda" Disse Edna Maria

Em uma recente entrevista, Edna Maria Teixeira, advogada e progressista, expressou ceticismo em relação à ex-namorada do filho do ex-presidente Lula, utilizando um termo peculiar: “layout confiável”. As declarações surgem em um momento delicado, onde a ex-parceira do filho do político vem enfrentando um difícil processo pós-agressões.

Em meio à polêmica, Edna descredibilizou Natália: “Aliás, desde o princípio me pareceu estranho o filho do Lula namorar uma pessoa com aquele perfil tão dissonante, com ele, que é um rapaz humilde, na sua postura discreto, e ela faz muita salinha BBB, com bocão, e com harmonização facial, e com cabelão, e com bustão, e com pose sexy no Instagram, e querendo ser uma intelectual, e fazendo uns textos de, acho que ela é psiquiatra, mas os textos dela parecem de autoajuda, filosofando”, declarou Edna.

Segundo ela, apesar de seu alinhamento político com Lula e sua família, há questões não totalmente esclarecidas no caso. Ela mencionou que, embora tenha ouvido o filho de Lula e achado suas explicações convincentes, a maneira como a ex-namorada se apresenta midiaticamente gerou desconfiança. “Pelo layout dela, ela já me pareceu ser uma dessas personalidades mediáticas do momento. O layout dela não é convidativo”, comentou Edna, utilizando uma metáfora visual para descrever sua percepção da postura da mulher em questão.

A conversa também incluiu a perspectiva de outro entrevistado, identificado apenas como Florentino, que destacou uma possível preservação da intimidade como indicativo de integridade. “Geralmente, uma pessoa que preserva sua intimidade demonstra um caráter melhor”, afirmou Florentino, criticando a decisão de tornar públicas as disputas pessoais, algo que ele considera um indicativo de possíveis interesses ocultos.

Este debate emerge após a ex do filho de Lula denunciar, através de suas redes sociais e entrevistas, uma série de agressões e traições, tanto durante como após o relacionamento. A jovem não hesitou em se posicionar publicamente contra o que considera uma injustiça.

Edna ainda citou Bolsonaro como responsável pelas agressões às mulheres nos últimos anos: “E nós estamos num momento em que realmente há muitos abusos, há muita agressão das mulheres, isso a gente viu no governo Bolsonaro inteiro, as mulheres sendo agredidas, então a opinião pública fica muito mobilizada e com razão contra esse tipo de comportamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco