Casal Gay é preso em Manaus por estuprar e contaminar crianças com HIV propositalmente

Dupla confessou crimes após serem pegos depois de dois anos de investigação, diz Polícia Civil

Na última sexta-feira (10), dois homens homossexuais foram presos em Manaus, capital do Amazonas (AM), acusados de estuprar crianças e adolescentes e transmitir intencionalmente o vírus HIV. Segundo a Polícia Civil do Amazonas, Rodrigo Santos, de 21 anos, e Victor Igor, de 31 anos, mantinham relações sexuais desprotegidas com menores, com o objetivo de contaminá-los.

Os suspeitos, que estavam em um relacionamento há cerca de dois anos, buscavam vítimas em terminais de ônibus e banheiros de locais públicos, como shoppings. Autodenominados “carimbadores”, os homens admitiram não informar às vítimas que eram portadores do HIV. As investigações começaram há dois anos, após uma denúncia anônima recebida de uma assistência técnica de celulares.

O denunciante alertou a polícia sobre conversas encontradas em um celular, nas quais os homens admitiam a prática de estupros e abusos. Na época, a investigação não avançou devido à falta do aparelho, mas as investigações foram retomadas em dezembro de 2023, após a Polícia Federal receber denúncia similar. Com isso, a polícia conseguiu identificar e prender os suspeitos.

Além das prisões, a operação apreendeu celulares e outros dispositivos contendo mídias relacionadas aos crimes. A polícia também descobriu que os suspeitos compartilhavam conteúdo pornográfico e informações sobre os abusos cometidos com o intuito de transmitir o vírus HIV. A delegada Joyce Coelho, da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), destacou que a operação confirmou a autoria dos crimes e revelou o modus operandi da dupla.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco