Criminoso confessa assassinato de mulher em saidinha de Natal

Leandro Lustoza dos Santos, Condenado por Homicídio Anterior, Confessa Morte da Cozinheira Renata Teles em Hotel de Campinas durante Saída Temporária

O indivíduo sob investigação pela morte da cozinheira Renata da Silva Teles, em um hotel em Campinas (SP), durante a saída de Natal, confessou o crime ao retornar ao presídio. Identificado como Leandro Lustoza dos Santos, 43 anos, ele estava cumprindo pena em regime semiaberto por um homicídio anterior, mas agora regredirá para o regime fechado após ser indiciado pelo novo crime.

Leandro, que já havia sido condenado a 12 anos de prisão pela morte de sua companheira em 2018, confessou ter conhecido Renata em um bar no sábado, passando a noite consumindo álcool. Ele alegou não lembrar dos detalhes do assassinato devido ao uso de álcool.

O criminoso, durante a saidinha de Natal, entrou no hotel com Renata no sábado à tarde e, durante a madrugada de domingo, deixou o local, alegando que iria comprar fraldas. O corpo de Renata foi descoberto no dia seguinte pelos funcionários do hotel.

O histórico do criminoso inclui o homicídio de Mara Helena dos Reis em 2018, quando usou uma faca de cozinha após consumir drogas. Em 2021, teve progressão para o regime semiaberto devido ao bom comportamento na prisão.

O assassinato de Renata, cozinheira de 43 anos, ocorreu durante sua estadia no hotel, sendo encontrada sem vida por funcionários no feriado de Natal. A perícia indicou sinais de asfixia com um travesseiro. O celular da vítima foi levado, e o principal suspeito, que a acompanhava, não retornou após sair durante a madrugada.

Renata, nascida no Rio de Janeiro, residia em Campinas e era cozinheira, participando de concursos de gastronomia. O caso foi registrado como homicídio, e a Polícia Civil está conduzindo as investigações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco