Exército adota medidas contra “difamações” nas redes sociais

Após críticas ao comandante, instituição estabelece diretrizes para moderação de conteúdo online

O Exército Brasileiro anunciou recentemente a implementação de medidas rigorosas para moderar o conteúdo em suas redes sociais, com o objetivo de combater difamações e garantir um ambiente virtual mais respeitoso. Essa decisão vem após o comandante do Exército, general Tomás Paiva, ser alvo de uma onda de críticas após sua participação em uma audiência pública na Câmara dos Deputados. Na ocasião, o general respondeu a questionamentos sobre a postura da instituição frente a decisões judiciais controversas.

As diretrizes estabelecidas incluem a exclusão de conteúdos considerados ofensivos, a possibilidade de bloqueio de usuários e até mesmo o alerta às autoridades competentes em casos de violação das regras estabelecidas pela instituição. Entre os tipos de conteúdo passíveis de moderação estão mensagens que contenham linguagem inadequada, obscena, caluniosa, grosseira, abusiva ou difamatória.

Além disso, a política de moderação abrange também conteúdos que são considerados  ofensivos, violentos, racistas, discriminatórios, ameaças ou assédio, bem como manifestações políticas ou ideológicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco