Faissal entrega R$ 5,5 milhões em emendas e faz balanço de atuação em 2023

Deputado Estadual encerra seu primeiro ano do segundo mandato com intensa atuação parlamentar e significativos investimentos em setores-chave para o desenvolvimento de Mato Grosso

O deputado estadual Faissal Calil (Cidadania) encerra seu primeiro ano de seu segundo mandato na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) com muito trabalho e uma atuação parlamentar ampla. Foram vários projetos de lei, indicações, resoluções, requerimentos, além de ter disponibilizado quase R$ 11 milhões em emendas para diversos setores.

Faissal foi reeleito para seu segundo mandato com 30.240 votos, em 2022, e já em seu primeiro ano de nova legislatura, apresentou 146 indicações, 50 moções de aplausos, 33 projetos de resolução, 30 requerimentos, 25 projetos de lei, 3 projetos de lei complementar, 2 moções de repúdio, 2 moções de congratulações, uma proposta de emenda à Constituição e uma moção de pesar. Atualmente, Faissal possui 1.253 proposições tramitando na ALMT.

A atuação de Faissal também resultou na criação de uma comissão parlamentar para fiscalizar as rodovias pedagiadas e cobrar o cumprimento integral dos contratos de concessão. Entre as estradas que foram fiscalizadas, estão as que são administradas pela Via Brasil. Também foi apresentado um projeto de lei que proíbe a espera de mais de 15 minutos em filas para pedágio.

Outra luta de Faissal durante o primeiro ano de seu novo mandato foi em relação ao protesto em cartório de contas de energia, efetuadas pela Energisa, em uma ação considerada abusiva pelo parlamentar. O deputado estadual também efetuou várias fiscalizações em unidades de saúde de Mato Grosso, debatendo o tema inclusive em audiências públicas.

O parlamentar também distribuiu R$ 10.907.046,41 em emendas parlamentares, montante que foi distribuído para os setores do Esporte, Cultura, Saúde, Assistência Social e Cidadania, Desenvolvimento Econômico, entre outros. Entre as obras que serão agraciadas com os valores, está a reforma e ampliação do Terminal Rodoviário de Alta Floresta, que receberá R$ 1,2 milhão. Também foram pagos mais de R$ 5,5 milhões em emendas, que atenderam diversas cidades do estado.

“Encerramos 2023 com a sensação de dever cumprido e com a certeza de que teremos muito mais trabalho pela frente em 2024. Vamos continuar atuando de forma firme na fiscalização de concessões como as de energia elétrica e de rodovias, em Mato Grosso, e também olhando para os que mais precisam, ouvindo as demandas da população e buscando por melhorias para os cidadãos, com nossa atuação na ALMT”, afirmou Faissal.

Com informações de Assessoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco