Fake news publicada por Choquei e outras páginas de fofoca tira vida de jovem

A jovem já sofria de depressão quando páginas publicaram história de que ela estaria tendo um "affair" com Whindersson Nunes

A jovem apontada como o suposto novo interesse romântico de Whindersson Nunes faleceu na última sexta-feira (22), conforme confirmado pela família de Jessica Vitória Canedo em suas redes sociais. Aos 22 anos, ela enfrentava uma batalha contra a depressão.

No início da semana, surgiram prints de uma alegada conversa íntima entre Jessica e Whindersson, mas ambos negaram veementemente que fosse verdadeiro, esclarecendo tratar-se de fake news. Whindersson destacou um erro de português no texto compartilhado, afirmando não conhecer a mulher na foto.

Jessica, em seu perfil, denunciou a situação como uma tentativa de ridicularizá-la, expressando a dor causada por episódios semelhantes no passado. A mãe de Jessica também se pronunciou, pedindo que parassem os ataques à filha, revelando a gravidade da depressão que ela enfrentava.

“Ficou bem óbvio que o intuito disso é me ridicularizar, da mesma forma que já tentaram outras vezes. Eu já perdi pessoas das quais eu amava demais por conta desse tipo de coisa. Sendo assim, eu pergunto: por quê? Qual a intenção por trás de tudo isso? Qual a graça que existe em infernizar a vida de alguém dessa maneira?”, desabafou em um trecho postado em seu perfil.

Com a trágica notícia do falecimento de Jessica, a indignação nas redes sociais se voltou contra os perfis que espalharam a fake news, responsabilizando-os pelo desfecho. A página “Choquei” tornou-se um tópico controverso nas tendências do antigo Twitter.

Whindersson Nunes, por meio de sua assessoria, expressou lamento pela morte da jovem, destacando a dimensão catastrófica de uma história inventada a partir de fake news. Ele compartilhou sua tristeza e repudiou o linchamento virtual, prestando solidariedade à família de Jessica.

Confira na íntegra:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco