Filho de Lula é acusado de agressão física e psicológica por ex-companheira

Luís Cláudio Lula da Silva enfrenta sérias acusações de violência doméstica feitas por médica com quem teve relacionamento de dois anos

Luís Cláudio Lula da Silva, filho mais novo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, está enfrentando acusações sérias de agressão física e psicológica por parte da médica Natália Schincariol, com quem teve um relacionamento de dois anos. Natália registrou um boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher em São Paulo, alegando que as agressões, que incluem uma cotovelada na barriga durante uma briga em janeiro, se tornaram cada vez mais frequentes e violentas ao longo do tempo.

No boletim de ocorrência, Natália descreveu as agressões como sendo de natureza física, verbal, psicológica e moral. Ela também relatou ter sido afastada do trabalho por um mês devido ao trauma causado pelas agressões e ter sido hospitalizada com crises de ansiedade. Natália afirmou ter recebido ameaças e insultos constantes de Luís Cláudio, que a chamava de “doente mental”, “vagabunda” e “louca”.

Além das agressões, Natália alega que Luís Cláudio teve relações sexuais com outras mulheres sem proteção e que chegava em casa embriagado, tentando entrar em seu quarto contra sua vontade. Ela afirmou também que tem sido manipulada e ameaçada para não denunciar as agressões, citando a influência do agressor por ser filho do presidente.

Luís Cláudio, que também é diretor de futebol do Parintins Futebol Clube, ainda não se pronunciou sobre as acusações. O clube recentemente obteve autorização do Ministério do Esporte para captar R$ 1,5 milhão visando viabilizar um projeto de escolinha para crianças e adolescentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco