Governo Lula bloqueia 90% das verbas para prevenção de desastres em Santa Catarina

Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional contingencia verbas vitais para enfrentar inundações e desastres naturais no estado catarinense

De acordo com O Globo, houve bloqueio recente de cerca de 90% dos recursos destinados à prevenção de desastres em Santa Catarina pelo governo Lula desperta preocupações sobre a capacidade de resposta diante de eventos climáticos extremos. Apesar das chuvas intensas que assolaram a região, o Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional contingenciou significativa parte dos R$ 95 milhões alocados para projetos de contenção de inundações e erosões. O bloqueio total foi de 85,8 milhões. A decisão, vista como política, levanta questões sobre os critérios de distribuição de recursos e o impacto direto na segurança e bem-estar dos cidadãos catarinenses.

Em meio a recentes tragédias climáticas e com a temporada de chuvas em curso, a falta de investimento em medidas preventivas coloca Santa Catarina em uma posição vulnerável. Com atrasos na execução de projetos de infraestrutura e contenção, a população local enfrenta o risco iminente de novas enchentes e deslizamentos de terra. A paralisação dos recursos destinados à região metropolitana do Alto Vale do Itajaí, crucial para conter os impactos das chuvas, revela uma lacuna na política de gestão de desastres e resiliência climática.

Diante da perspectiva de novos eventos climáticos extremos e da necessidade urgente de medidas preventivas, a sociedade catarinense clama por uma revisão imediata dessa decisão governamental. O diálogo entre as autoridades estaduais e federais se faz essencial para garantir a liberação dos recursos bloqueados e promover a implementação de estratégias eficazes de prevenção e resposta a desastres naturais em Santa Catarina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco