Hacker invade perfil da Câmara dos Deputados e chama Alexandre de Moraes de “ditador”

O texto também acusa Lula e o ministro de estarem orquestrando um golpe de Estado

A Câmara dos Deputados está investigando um ataque hacker à sua página oficial na plataforma X, onde foram feitas ofensas ao ministro Alexandre de Moraes. A publicação, que também mencionava o presidente Lula, ficou online por pouco mais de 10 minutos antes de ser removida. Para evitar novos ataques, a senha de acesso à conta foi alterada, e as autoridades policiais foram acionadas para investigar o incidente. Além disso, medidas de segurança estão sendo reforçadas, incluindo uma investigação interna sobre o ocorrido.

A postagem hackeada acusava Moraes de “ditador” e sugeriu que ele e o presidente Lula estavam tramando um golpe de estado. Além disso, a publicação mencionava Jair Bolsonaro, seu filho Carlos Bolsonaro, o pastor Silas Malafaia e o influenciador Monark. A invasão da página oficial da Câmara dos Deputados pode resultar em penalidades de acordo com o Código Penal, que prevê pena de um a quatro anos de reclusão, além de multa, para quem invade dispositivos de uso alheio.

A investigação em andamento visa identificar os responsáveis pelo ataque e prevenir futuras vulnerabilidades que possam comprometer a integridade das comunicações institucionais.

O texto na íntegra:
“O DITADOR Alexandre de Moraes destrói a democracia. Estão planejando um golpe de Estado orquestrado pelo Alexandre e por @LulaOficial. Serei caçado, mas estou lutando contra.

@PastorMalafaia @monarkbanido @jairbolsonaro @carlosbolsonaro

RESPOSTEM!!”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco