Jovem Capixaba é alvo da Polícia Federal por propôr vaquinha para matar Lula

Autoridades apreendem eletrônicos do suspeito em Aracruz, Espírito Santo, em ação contra ameaças e incitações criminosas

Um indivíduo jovem, com apenas 19 anos, residente em Aracruz, no Norte do Espírito Santo, foi alvo de uma operação da Polícia Federal denominada Operação Eco, na manhã desta terça-feira (6).

A ação foi desencadeada após o jovem ter proposto nas redes sociais a realização de uma “vaquinha” para angariar fundos destinados a contratar um mercenário com o objetivo de atentar contra a vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Embora tenha admitido a autoria da postagem e colaborado com os agentes, o suspeito não foi preso e sua identidade não foi divulgada pela PF.

A investigação, conduzida pela Delegacia de Crimes Fazendários (Delefaz), visa apurar a prática de infrações penais de ameaça e incitação ao crime contra o presidente.

As autoridades cumpriram mandados judiciais na residência do suspeito, localizada no bairro Bela Vista, em Aracruz, onde foram apreendidos o celular e o computador do investigado. O nome da operação, Eco, faz alusão à mitologia grega, especificamente à história de uma jovem que falava demais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco