Lula bate recorde de liberação de emendas: R$ 4,9 bilhões em um único dia

Governo destina mais de 60% do orçamento da saúde para demandas congressistas; Presidente reforça harmonia com o legislativo

Lula quebra recorde ao liberar impressionantes R$ 4,9 bilhões em emendas num único dia, conforme relata o jornal O Estado de São Paulo. De janeiro a abril, mais de 60% do orçamento do Ministério da Saúde foi direcionado para atender às demandas dos congressistas.

Do total de R$ 21 bilhões de recursos não obrigatórios liberados pela pasta nesse período, cerca de R$ 12,8 bilhões foram destinados a emendas individuais e de bancada. Esses dados, extraídos do portal Siga Brasil e divulgados pelo Estadão e confirmados pelo Metrópoles, consideram os valores empenhados, ou seja, aqueles recursos reservados pela União com destino definido.

As emendas liberadas pelo Ministério são compulsórias, porém o governo tem autonomia para decidir quando efetuá-las, geralmente alinhando-se a momentos estratégicos para conquistar apoio parlamentar. Estes fundos são destinados à aquisição de equipamentos e ao custeio de unidades de saúde em nível estadual e municipal.

Enquanto os recursos do ministério seguem critérios específicos, as emendas permitem aos parlamentares a liberdade de escolher sua aplicação, sem necessidade de aderir a requisitos pré-estabelecidos. Lula, por sua vez, negou quaisquer conflitos entre o Executivo e o Legislativo, elogiando o esforço dos congressistas e ressaltando a eficiência da colaboração entre ministros e deputados para a aprovação dos projetos de interesse do governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco