Marcel van Hattem confronta comandante das Forças Armadas em debate orçamentário na Câmara

O deputado também questionou aproximação demasiada do comandante com Alexandre de Moraes e supostas informações privilegiadas

Em uma sessão tensa na Câmara dos Deputados, os comandantes das Forças Armadas do Brasil foram confrontados por críticas relacionadas aos apelos por aumentos no orçamento militar. Marcel van Hattem, deputado pelo Novo-RS, juntamente com outros parlamentares, expressou sua insatisfação com o que considera uma postura complacente das Forças Armadas frente às ações do Supremo Tribunal Federal (STF), especialmente em relação ao ministro Alexandre de Moraes.

Durante a reunião, os comandantes militares reivindicaram maior alocação de recursos, alegando necessidades essenciais não atendidas. No entanto, Van Hattem destacou uma suposta incoerência na postura dos militares, criticando-os por não demonstrarem o mesmo rigor e veemência ao abordarem questões políticas e judiciais importantes, como as decisões do STF.

“O que nós vemos acontecer hoje é um desrespeito à Constituição flagrante do ministro Alexandre de Moraes, da Suprema Corte, e a reação das Forças Armadas e do ministério da Defesa é de complacência”, declarou Van Hattem. O deputado prosseguiu, questionando a falta de crítica dos comandantes às ações do ministro, comparando com a ênfase que colocam em questões orçamentárias.

Outro parlamentar, Ricardo Salles (PL-SP), também se manifestou criticamente, argumentando que outros grupos, como a Legião da Boa Vontade, realizam distribuições de cestas básicas de forma mais eficiente e econômica do que o aparato militar. “Ter metralhadora, helicóptero, para distribuir cesta básica, a Legião da Boa Vontade faz isso com muito mais eficiência muito mais barato”, pontuou Salles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco