Médicos operam perna errada de criança de 6 anos na Paraíba, mesmo com a correta estando marcada

A perna esquerda da criança estava marcada com uma tala para indicar um quadro clínico de celulite infecciosa, mas os médicos operaram a direita

Um incidente chocante ocorreu no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, na Paraíba, onde uma menina de seis anos teve a perna errada operada durante um procedimento cirúrgico. Apesar de a perna esquerda da criança estar claramente marcada com uma tala para indicar um quadro clínico de celulite infecciosa, os médicos realizaram a cirurgia na perna direita, que estava sem qualquer marcação ou necessidade de intervenção médica. A mãe da criança, Fernanda de Oliveira, imediatamente percebeu o erro após a cirurgia, o que levou à realização imediata de uma segunda operação na perna correta.

A equipe médica envolvida foi prontamente afastada, e a direção do hospital iniciou uma sindicância para apurar o caso. Além disso, a Polícia Civil, o Ministério Público e o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) estão investigando o incidente. A menina precisou passar por uma segunda cirurgia na perna correta no mesmo dia.

O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande divulgou uma nota pública, confirmando o erro e o afastamento dos profissionais envolvidos. A direção do hospital, representada por Pedro Segundo, garantiu que a família da criança estava sendo assistida e que a menina estava bem e em recuperação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco