Moraes pede 14 anos de prisão para dona de casa de 57 anos que participou de atos do dia 8/01

A sentença é mais severa do que aquela imposta por diversos crimes, como o estupro, que tem uma pena de 8 anos de prisão

O Ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, solicitou a condenação de Jupira Silvana da Cruz Rodrigues, uma dona de casa de 57 anos que participou dos eventos ocorridos em 08/01.

Em seu voto, o ministro, que também é o relator do inquérito, pediu uma pena de 14 anos de prisão para a mulher. A sentença é mais severa do que aquela imposta por diversos crimes, como o estupro, que tem uma pena de 8 anos de prisão.

A situação se torna ainda mais grave devido ao fato de a mulher ser a principal provedora de sua família e ter quatro filhos dependentes dela.

Desde o início do inquérito, Moraes tem sido alvo de críticas pela forma como está conduzindo o processo. De acordo com os críticos, Alexandre de Moraes age de maneira ditatorial e cruel, perseguindo opositores políticos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco