Nova esperança para a Direita: Romeu Zema crava aprovação recorde em Minas Gerais, superando Lula

Após reerguer o Estado de Minas da devastação causada pelo PT, seu trabalho continua sendo bem avaliado por todas as classes

De acordo com a pesquisa DATATEMPO, o governo de Romeu Zema (Novo) em Minas Gerais, ao completar o primeiro ano do segundo mandato, conquistou uma expressiva aprovação de 64,1%, evidenciando um notável crescimento de 7,92 pontos percentuais desde sua reeleição em 2022, quando obteve 56,18% dos votos válidos no primeiro turno.

Em contrapartida, o retorno de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à presidência após 13 anos apresenta uma aprovação de 50,6%, mantendo-se praticamente estável em relação à votação no segundo turno em Minas Gerais, onde conquistou 50,9% dos votos válidos, indicando uma leve queda de 0,3 ponto percentual.

Quanto à rejeição, Zema registra índices inferiores, com 28,7% de desaprovação, enquanto Lula enfrenta uma taxa de 43,4% de desaprovação. A margem de indecisos é maior em relação a Zema, com 7,1% que não souberam ou não responderam, comparado a 6% no caso de Lula.

Ao analisar a gestão mineira de Zema, que é cogitado para disputar a presidência em 2026, os índices de aprovação superam os do governo Lula em Minas Gerais. A administração do governador é considerada muito boa ou boa por 43,6% dos entrevistados, enquanto 33,2% a classificam como regular e 17,1% a avaliam como muito ruim ou ruim.

Esses números ressaltam a trajetória ascendente de Zema, sugerindo uma influência significativa nas futuras eleições presidenciais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco