Possível eleição de Milei pode frear planos de Lula e Maduro

Na contramão dos socialistas, Milei não defende a união da América do Sul em um bloco

O presidente do Brasil, Lula, e o ditador venezuelano, Nicolás Maduro, sonham em unir a América do Sul em um único bloco, sem fronteiras e com a mesma moeda. No entanto, a eleição de um homem pode mudar o destino dos sul-americanos.

O argentino Javier Milei se considera libertário e defende valores opostos aos de Lula e Nicolás Maduro.

O pensamento de Milei é oposto ao de Alberto Fernández, que é aliado de Lula, socialista e defensor da ideia de unir a América Latina.

Milei defende ainda a desestatização da Argentina e que o país busque novos parceiros comerciais, o que também pode afetar o Brasil.

O argentino também já se posicionou contra a criação de um bloco de esquerda unindo os países da América do Sul.

O resultado do primeiro turno deve sair ainda hoje, e Milei é considerado o favorito para ser o próximo presidente argentino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco