Primeiro ano com Tarcísio: São Paulo registra redução histórica na criminalidade

Medidas adotadas pela direita causaram a redução em assaltos e homicídios

No primeiro ano do governo Tarcísio em São Paulo, os índices de homicídios e roubos diminuíram, enquanto a letalidade policial, mortes de agentes, estupros e feminicídios aumentaram, conforme levantamento do Instituto Sou da Paz com dados da Secretaria da Segurança Pública de 2022 e 2023, de janeiro a novembro.

Durante esse período, houve uma redução de 10,9% nos homicídios, passando de 2.623 em 2022 para 2.337 em 2023. Os roubos de veículos caíram 8.8%, de 37.141 para 33.890, e os roubos em geral tiveram uma redução de 5,3%, de 215.385 para 203.974.

Por outro lado, a letalidade policial aumentou mais de 30%, com destaque para a Operação Escudo, que gerou 28 mortes e denúncias de irregularidades. O número de policiais mortos em serviço subiu de seis em 2022 para nove em 2023.

O Instituto Sou da Paz criticou a falta de continuidade em programas de profissionalização da Polícia Militar e a paralização do uso de câmeras corporais nos uniformes policiais. O governo, por sua vez, defendeu suas políticas, destacando iniciativas de combate à violência contra a mulher e programas para reduzir a letalidade policial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco