Tarcísio mobiliza ação contra a libertação de criminosos da cadeia

Governador de São Paulo busca reforma legislativa e investe em segurança para combater a reincidência criminal

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), está organizando uma ampla mobilização nacional contra a libertação de criminosos durante audiências de custódia. Ele, apoiado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), pretende envolver milhares de autoridades em todo o país para implementar essa medida rapidamente, visando combater a reincidência de crimes, que ele considera uma grave preocupação em segurança pública.

Com respaldo do ex-presidente Bolsonaro, Tarcísio busca alterar a legislação vigente, atualmente definida pelo Código Penal, que estabelece procedimentos para audiências de custódia. O governador destaca a necessidade de revisão para evitar que criminosos liberados durante essas audiências voltem a cometer delitos.

Além disso, Tarcísio anuncia um investimento de aproximadamente R$ 200 milhões em tecnologia e monitoramento das ruas de São Paulo em 2024, proveniente da bancada federal. Entre as iniciativas, destaca a instalação de um novo batalhão da Polícia Militar no Centro da cidade, convocação de PMs reformados para funções administrativas e a contratação de 2,5 mil novos profissionais de segurança.

Apesar do aumento da criminalidade em 2023, Tarcísio assegura que a segurança pública será uma prioridade em 2024. Ele planeja reforçar a presença policial, especialmente na região da Avenida Paulista e nos Jardins, onde assaltos são prevalentes, através da instalação de bases em diversos pontos da cidade e da criação de um novo batalhão no Centro, além de implementar um novo comando em várias áreas, incluindo o Vale do Paraíba, Baixada Santista e litoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

notícias relacionadas

categorias

REDES SOCIAS

fale conosco